Elis, para começar o ano

Aproveite o vigor do começo das aulas para dar início ao ciclo de eventos culturais com o Band. Alunos, pais e professores podem garantir ingresso para “Elis, a Musical” no Departamento Cultural. O espetáculo acontece no dia 22 de março, sábado, no Teatro Alfa.

elis

O espetáculo recria no palco a vida e a trajetória da inesquecível Elis Regina, considerada até hoje a maior cantora já surgida no cenário da música brasileira. O enredo da peça retrata as questões pessoais e a convivência de Elis com ícones como Ronaldo Bôscoli e Cesar Camargo Mariano. No elenco, participações de Laila Garin (como Elis Regina), Felipe Camargo (participação especial como Ronaldo Bôscoli), Claudio Lins (como Cesar Camargo Mariano), Caike Luna (como Luiz Carlos Miele), Ícaro Silva (como Jair Rodrigues), entre outros.

Não perca tempo e corra logo para garantir seu ingresso!

Jazz Sinfônica homenageia Luiz Gonzaga

Estão disponíveis no Departamento Cultural, para venda, os ingressos da apresentação da Orquestra Jazz Sinfônica, que acontece no sábado dia 26 de maio, no Auditório do Ibirapuera, às 21h.

Parte do “Jazz +”, o evento contara com o músico Toninho Ferragutti realizando uma homenagem aos 100 anos de Luiz Gonzaga. Toninho tem grande participação em show e CDs de vários artistas brasileiros e estrangeiros, e foi indicado ao Grammy Latino em 2000.

Erudita e popular: Osesp e Jazz Sinfônica


Iniciou-se a temporada 2012 da OSESP e Jazz Sinfônica no Bandeirantes. As orquestras paulistanas estão no hall internacional da musica erudita, e da sua mistura com a popular. No caso da Osesp, os ingressos à venda no Departamento Cultural são para o um espetáculo da série “Paineira” que acontecerá no dia 30 de março, as 21 horas, na Sala São Paulo.

Rossen Milanov regente
Anne Schwanewilms soprano

PROGRAMA:
Wolfgang A. MOZART Idomeneo: Chaconne e Pas Seul
Richard STRAUSS Quatro últimas Canções
Claude DEBUSSY Images

Estão também disponíveis no Cultural, os ingressos para a Orquestra Jazz Sinfônica, que acontece no sábado dia 31 de março, no Auditório do Ibirapuera.

Parte do “Jazz +” o evento contara com o Zimbo Trio, formado por Amilton Godoy, Mario Andreotti e Pércio Sápia, que divide o palco com seu mestre Rubinho Barsottio. O grupo é expoente da ala paulista da bossa nova, com 40 CDs gravados.

A Família Addams

Quando Charles Addams criou mórbidos personagens como Mortícia, Gomez, Vandinha, Feioso e Tio Chico para os quadrinhos da revista The New Yorker na década de 30, ele dificilmente imaginava que essa família atravessaria muitas décadas fazendo sucesso com seus hábitos excêntricos, dando origem a duas séries de televisão, três filmes e um bem sucedido musical da Broadway em 2010.

Saindo do famoso endereço de Nova York pela primeira vez, o espetáculo chega a São Paulo contando com um grande elenco para dar vida aos lendários personagens. Marisa Orth e Daniel Boaventura dão vida a Mortícia e Gomez, os chefes dessa família que se encontra em um dilema bem conhecido: Vandinha apresenta seu namorado, que não agrada por ser justamente… um “menino de boa família”!

Entre as trapalhadas do mordomo Tropeço, as brincadeiras nada saudáveis dos irmãos Feioso e Vandinha e as esquisitices da Vovó Addams e do Tio Chico, divirta-se com a Família Addams no Teatro Abril.

Compre seus ingressos no Departamento Cultural.

Novos sons brasileiros

Por sua pluralidade, a música brasileira é reconhecida no mundo todo, mas nem sempre é prestigiada dentro do país. Para reforçar a qualidade dos músicos brasileiros atuais, a Jazz Sinfônica recebe dois nomes de peso: Benjamim Taubkin e a dupla Soukast.

Taubkin é um influente pianista da MPB, importante como instrumentista, arranjador e produtor cultural, acompanhando nomes como Elza Soares, Zizi Possi e OSESP. Seu trabalho sempre esteve voltado para as raízes da música nacional e o intercâmbio com outras culturas.

A cultura brasileira também é a base do trabalho de Simone Sou e Guilherme Kastrup, dois grandes percussionistas que misturam Samba, Jongo, Congado e Baião e não utilizam apenas tambores tradicionais, mas também panelas, potes de vidros e sons sampleados (pré-gravados) na concepção de sua música.

O encontro de tantas influências, sonoridades e ritmos você pode conferir no sábado, 26 de novembro, em concerto da série Jazz + no Auditório Ibirapuera. Adquira seu ingresso no Departamento Cultural.

15 anos de teatro no Band

Compromisso, criatividade, trabalho em grupo. Essas são algumas das palvras-chave para o sucesso do Curso Livre de Teatro que chega ao seu décimo quinto ano com nada menos do que 27 peças encenadas.

O curso é optativo, mas o comprometimento dos alunos é fundamental. Para garantir a qualidade do espetáculo, atores investem suas tarde de sábado ensaiando, desdobram-se para que a produção esteja impecável do figurino à iluminação e, principalmente, trabalham juntos para que o resultado sempre surpreenda a plateia. “O aluno precisa se dedicar, levar a sério.
Quem fica no grupo sabe que não é brincadeira, e já se diferencia por conseguir conciliar duas tarefas que demandam tanto quanto estudar no Band e ser ator”, diz o professor e diretor Fernando Borges.

No cair das cortinas, todo o esforço vale a pena. O aplauso é merecido e garante o final feliz a cada ano que essa história se renova nos palcos. Em dezembro, os atores-estudantes farão uma homenagem a todas as histórias que passaram pelos palcos do Band. Aguardem.

 

 

Vídeo comemorativo dos Dez anos do Curso Livre de Teatro:

http://www.youtube.com/watch?v=QQK0lv7E19U

Rússia na música e na dança

Duas atrações cativas do Band prestam homenagens a mestres russos da música e da literatura.  A sala São Paulo é palco para OSESP interpretar a Sinfonia em Três Movimentos de Stravinsky. Sob a regência de Yan Pascal Tortelier, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo ainda apresentará Concerto nº 2 Para Violoncelo em Ré Maior de Joseph Haydn. As estreias da noite serão da peça Sidereus, de Osvaldo Golijov e do arranjo de Nelson Ayres para Suíte Popular Brasileira, de Heitor Villa-Lobos.

 

Na temporada de dança do Teatro Alfa, a Cia de Dança Débora Colcker apresenta Tathyana. O espetáculo é baseado no romance em versos de Aleksandr Púchkin, Evguêni Oniéguin. Em dois atos, o grupo de dança coloca o próprio autor dentro de sua obra prima, interagindo com suas personagens nos desencontros e paixões por elas vividos. A coreografia é embalada pela música de compositores como Tchaikovsky e Stravinsky.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=7iogYJEmqRI&feature=player_embedded]

Os espetáculos acontecem nos dias 15 e 16 de setembro, os ingressos são limitados e estão à venda no Departamento Cultural. Garanta o seu!

Dança e música na volta às aulas

A educação não acontece só dentro das salas de aula, e o Bandeirantes sabe bem disso. Para a valorização da educação informal, formação de nova audiência ecriação do hábito de freqüentar salas de espetáculos, a OSESP e o Grupo Corpo tem um destaque especial neste agosto de volta às aulas.

No dia 13, o grupo mineiro de dança Corpo apresenta seu mais novo espetáculocom trilha do compositor galego Carlos Nuñez em parceria com José MiguelWisnik, que já compôs para a companhia as trilhas de Nazareth, Parabelo (com Tom Zé) e Onqotô (com Caetano Veloso). A outra coreografia será O Corpo, que tem música de Arnaldo Antunes.

 

 

Já a OSESP interpretará no dia 5 Mozart, Schumann e Beethoven sob a regênciado maestro finlandês Hannu Lintu e com a impecável canadense Angela Hewitt ao piano.

Ingressos já disponíveis no Cultural a preços especiais.

Jazz+Tango

A Orquestra Jazz Sinfônica é conhecida por seus arranjos criativos e combinações musicais inusitadas. No próximo concerto da série Jazz + o bandoneón (instrumento típico do tango, parecido a um pequeno acordeom) estará unido a violinos, violoncelos e oboés para surpreender a plateia com um novo jeito de executar os populares tangos argentinos. Continuar lendo

Marco Luque em Labutaria


Marco Luque é mais que o apresentador dos cabelos encaracolados que integra a bancada doprograma CQC. O humorista, que já foi jogador de futebol, também fez parte de espetáculoscomo “Terça Insana” e o stand-up “Tamo junto”, além de comandar Jackson Five na rádio MixFM. Com toda essa experiência para fazer rir, Luque criou diversos personagens hilários como otaxista Silas Simplesmente, a diarista Mary Help e o motoboy Jackson Five, que são sucessotambém na internet. Continuar lendo