“Brincar de Pensar” em exibição exclusiva

No último sábado, 12 de abril, os alunos do Band puderam assistir, em exibição exclusiva, à peça Brincar de Pensar, baseada em uma série de oito contos da escritora Clarice Lispector. Através de uma linguagem poética e multimídia, a peça busca transmitir para “pessoas grandes e pequenas” as reflexões existenciais dos textos de Clarice.

IMG_3672

“Eu gostei da ideia de misturar várias histórias porque é diferente do que a gente está acostumado.”, comenta Isabela Castro do 8.o ano. “Eu já tinha lido alguns textos da Clarice, mas era muito difícil de entender, por isso achei que o teatro ajudou a entender mais os contos”, completa.

IMG_3680

A peça contou com uma acentuada participação de pais, alunos e professores. Durante os oito capítulos, os atores dão vida aos contos de Clarice em uma divertida e reflexiva encenação.

 

Clarice Lispector no palco

A peça Brincar de Pensar Contos de Clarice Lispector leva aos palcos oito contos da escritora em linguagem multimídia e poética, para crianças e adultos. Os ingressos estão à venda no Departamento Cultural.

Brincar-de-Pensar

Os contos da escritora presentes na montagem são:  “Felicidade Clandestina”, que traz à memória uma menina, de 8 anos de idade, devoradora de histórias que implorava emprestado à filha do dono de livraria os livros que ela não lia; “Restos do Carnaval” conta outra memória, da menina que desejava ir pela primeira vez a um baile de carnaval; “Come, Meu Filho” revela diálogo irreverente entre mãe e seu filho, no qual ele dá voz a seus devaneios e reflexões.

371803-970x600-1“Sou uma Pergunta?” são centenas de perguntas questionando cores, situações, comportamentos e crenças; “Uma Esperança” traz mãe e filho frente ao inseto verde chamado esperança e uma enorme aranha; “Das Vantagens de Ser Bobo” narra observações entre o esperto e o bobo; “Se Eu Fosse Eu” imagina como seria tudo diferente se cada um fosse si mesmo. E por fim, “Brincar de Pensar” conta os prazeres e divertimentos que se tem em pensar.