Golden Coast! Aí fomos nós

Em plenas férias de julho, alunos da 1.a e 2.a série do Ensino Médio embarcaram numa experiência única: uma viagem a Califórnia para conhecer empresas e as mais importantes universidades. Foram duas semanas nas quais, junto do professor de Física e STEAM, Renato Villar, do professor de Língua Inglesa, João Rodrigo Lima, e de Catarine Nunes, do Departamento Cultural, puderam descobrir diferentes culturas e se inspirar pela possibilidade de estudar fora.

california_1

A cidade de São Francisco foi o ponto de partida. Lá, os alunos conheceram a tão sonhada Stanford University, onde, junto a um aluno brasileiro, adentraram o mundo da universidade para conhecer o campus a estrutura e um pouco da vida de quem estuda por lá. Além disso, os alunos passaram por instituições diferentes com novas possibilidades como a Foothill College, uma Community College onde é possível fazer os primeiros dois anos da graduação aprendendo conhecimentos gerais, e a Minerva School at KGI, onde as aulas são pela internet e o aluno pode morar cada semestre em uma cidade do mundo como Berlim, Seoul, Londres, Buenos Aires, Taipei, San Francisco e Hyderabad.

california_3

Ainda em São Francisco, os alunos se aventuraram pela ilha de Alcatraz e fizeram um city tour. “Os passeios, especialmente os de São Francisco, foram uma grande parte da experiência e me fizeram considerar ainda mais os EUA como opção. Meu plano é estudar fora e a viagem me inspirou demais”, comentou a aluna da 2.a série do Ensino Médio, Glória Nogueira. Na região do Vale do Silício, os alunos também foram inspirados por empresas como a Mozilla Firefox e o Google, onde uma das principais ideias é que os funcionários possam fazer qualquer atividade que os interessem dentro do ambiente de trabalho. “No Google nos contaram que havia um funcionário que gostava de tocar piano mas havia parado, então a empresa disponibilizou um instrumento no trabalho para que ele pudesse voltar a tocar”, contou Catarine Nunes sobre como funciona o Google.

california_6

Seguindo para Los Angeles, o grupo visitou a University of California Los Angeles, University of California Irvine e a University of Southtern California, onde a beleza do campus foi um ponto alto entre os atrativos da visita ao lugar onde Steven Spilberg estudou. Além disso, os alunos participaram de um curso de um dia sobre empreendedorismo e inovação na California Polytechnic State University. Pela cidade, conheceram a calçada da fama, o bairro de Beverly Hills, os estúdios da Universal e o parque de diversão 6 flags.

california_7

Já em San Diego, última parada da viagem, foi o momento de visitar a “High Tech High School”, escola que trabalha totalmente com os conceitos de STEAM. Lá, participaram de uma aula em que construíram e lançaram foguetes. “Eles viram a concepção que o STEAM tem fora do país e perceberam que no Band há muitas semelhanças”, contou o professor Renato. Na última parada, conheceram a “University of California San Diego” e a “San Diego State University” onde a possibilidade de pesquisas e cursos surpreendeu os estudantes.

california_4

Durante as visitas às universidades, os alunos tiveram contato com estudantes, profissionais responsáveis pelas admissões e, principalmente, com o ambiente de cada lugar. Muitas dúvidas foram tiradas com os representantes das instituições a respeito de custos, cursos e dicas para ser selecionado. “Percebi que, para entrar, não são necessárias apenas suas notas, mas o que você faz pela sua comunidade”, comentou Glória. “Os alunos perceberam que o Departamento Internacional do Band está alinhado com o que foi mostrado pelas universidades, é muito bom ter um lugar na escola exclusivo para esses assuntos”, contou o professor João Rodrigo.

Confira a galeria de imagens clicando aqui.