Aprendizado interdisciplinar na Disney

Unindo diversão com aprendizado, alunos do 8.o e 9.o ano do Ensino Fundamental foram para Orlando, nos Estados Unidos, onde puderam aproveitar a Disney vazia para ter aulas interdisciplinares a partir das atrações dos parques. Com a participação de Mariana Lorenzin e Carolina Oreb, professoras de Ciências e STEAM, e Catarine Nunes, do Departamento Cultural, a viagem, que ocorreu durante as férias de julho, teve um de seus pontos altos com as visitas ao museu Salvador Dalí e aos bastidores do Cirque du Soleil.

disney04

A viagem foi uma oportunidade para conhecer o Centro Espacial Kennedy, da NASA, onde há exposições com objetos usados nas incursões pelo espaço. Os alunos também conheceram os bastidores do Cirque du Soleil e participaram de uma experiência interativa no museu Salvador Dalí onde, por meio de óculos especiais, era possível entrar nas obras do artista surrealista.

disney

Dentre as diversas aulas oferecidas pela Disney, foram escolhidas aquelas que mais dialogavam com os conteúdos do Ensino Fundamental: energia e ondas, sustentabilidade, evolução da tecnologia e marcas e exposição nas mídias sociais.

disney002

Durante a rotina intensa da viagem, os alunos chegavam aos parques logo pela manhã para iniciar as aulas que se baseavam em dinâmicas de grupo: os estudantes eram expostos a um problema para o qual deveriam encontrar soluções. Depois, observavam como muitas das soluções eram aplicadas nas atrações dos parques. “Eles puderam atribuir sentido e significado aos conceitos”, comentou Carolina Oreb.

disney001

“No Magic Kingdom, por exemplo, vimos como era possível fazer truques com a luz e como estes truques eram aplicados no brinquedo da mansão mal assombrada. Foi espetacular, nem parecia que estávamos tendo aula”, contou o aluno Pedro Paes, do 9.o ano do Ensino Fundamental. Depois das aulas, os alunos ainda se aventuravam pelos brinquedos dos parques.

disney03

Além do aprendizado e diversão, as professoras ressaltam que a viagem colocou a prova as habilidades de convivência e ainda representou a criação de novos amigos. “Foram duas semanas juntos então eles puderam se aproximar bastante. Alguns estudavam juntos mas não se conheciam direito”, explicou Mariana Lorenzin. “Me surpreendi com o engajamento e responsabilidade que os alunos demonstraram. Incorporaram e representaram os valores do Band”, concluiu Carolina.

Confira a galeria de imagens clicando aqui.