Escola da Amazônia

aracari“É necessário buscar um novo modelo de desenvolvimento para a Amazônia que não dependa da derrubada da floresta. Essa consciência tem de começar com educação ambiental dentro das escolas”. A frase de Carlos Nobre, climatologista brasileiro, expressa bem a missão da Escola da Amazônia, programa da Fundação Ecológica Cristalino por meio do qual são realizadas pesquisas, atividades lúdicas e viagens mirando a educação de jovens estudantes no sentido da preservação do meio ambiente e da sustentabilidade.
Continuar lendo

“O Rei e Eu”

d9259fce13090f7ce694342d9660d9cb79f25cce.jpg 800 800 CApós os sucessos de público e crítica dos musicais “Hairspray” e “Alice no País das Maravilhas”, o Departamento Cultural do Colégio Bandeirantes disponibiliza ingressos para o musical “O Rei e Eu”, de Richard Rodgers e Oscar Hammerstein II (os mesmos criadores de “A Noviça Rebelde”).

Os dois últimos musicais foram aprovados por alunos e professores. Rosa Aluotto, professora do Laboratório Multidisciplinar, o LMD, compareceu ao teatro União Cultural para ver “Alice”. “Gostei muito do espetáculo! As acrobacias surpreenderam tanto aos adultos quanto às crianças!”, conta, entusiasmada. Continuar lendo

Incentivo à Cultura

O modelo de educação ideal é um tema muito discutido entre educadores e pela sociedade em geral. Com o passar do tempo, maior é a certeza de que durante o processo de formação acadêmica, o jovem deve, além de estudar as disciplinas tradicionais, ter acesso à cultura, de modo a ser dotado de referências culturais e expandir os horizontes do conhecimento.
Imbuídos dessa filosofia, os professores do Colégio Bandeirantes cultivam o hábito de estimular os alunos a agregarem o lazer a atividades como ir ao teatro, cinema, apresentações de dança e exposições. Muitas vezes orientam diretamente os alunos, outras comunicam ao Departamento Cultural, que pode providenciar ingressos para filmes e apresentações teatrais.

MATERNIDADES
maternidadesA Profª Fabiana De Lazzari, da área de Língua Portuguesa está ajudando a promover a divulgação da peça “Maternidades”, escrita e dirigida por André Fusko, que estudou com ela no Colégio Bandeirantes.

O monólogo, interpretado por Amanda Costa (esposa de Fusko), trata sobre a aventura que é ser mãe, ainda mais numa metrópole com São Paulo. Ganham vida uma adolescente bem-humorada, que sonha em um dia ser mãe; uma senhora culta e que criou os filhos sob suas rédeas; a uma mulher à beira da loucura por reprimir seus instintos; e uma idosa bem-resolvida e cativante.

O espetáculo é apresentado no Espaço dos Satyros 1, à Praça Roosevelt, sextas-feiras e sábados, às 19h, até 27 de março. A classificação etária é de 14 anos e o ingresso custa R$ 20,00 (entrada inteira) – comprado no local.

Sinfônicas

osesp_10
Uma é símbolo de erudição. A outra, uma combinação de música contemporânea com toques brasileiros de natureza popular. São a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e a Jazz Sinfônica que, embora com produções musicais distintas, primam pela altíssima qualidade de trabalho e pelo fato de atraírem grandes públicos para as suas apresentações. Continuar lendo

Lançamentos na Telona e no Cultural

Dois homens com problemas no passado. Dois homens cujas vidas estão preenchidas pelo vazio. Esse é o ponto em comum entre os filmes “Lembranças” (“Remeber Me”) e “O Amor Acontece” (“Love Happens”).

147342No drama “Lembranças”, o ator Robert Pattinson (o vampiro Edward de “Crepúsculo”) interpreta um jovem endinheirado que vive uma relação repleta de atritos com o pai (Pierce Brosnan), desde que uma tragédia separou a família. Mas ao conhecer Ally (Emilie de Ravin), desperta novamente dentro de si a vontade de viver, sem saber que as circunstâncias que os uniram podem também vir a separá-los. A direção é de Allen Coulter. Os ingressos podem ser retirados apenas por alunos do 9º ano e do Ensino Médio.

1260025628_fotocabb0oyqJá no romance “O Amor Acontece”, do diretor Brandon Camp, Burke Ryan (Aaron Eckhart) é um viúvo autor de best-sellers de autoajuda. Eloise Chandler (Jennifer Aniston), ao assistir um seminário do escritor em Seattle, percebe que ele não superou o drama da morte da esposa, e acaba interferindo diretamente em sua vida.
Ingressos para ambos os filmes, válidos de segunda a quinta-feira, já podem ser retirados no Departamento Cultural. Continuar lendo