Música, dança e laquê

O divertidíssimo musical da Broadway Hairspray chega aos palcos paulistanos e promete deixar o público sem fôlego de tantas risadas.

EdsonCelulari-600x400-hairspray-190609

A versão brasileira dirigida por Miguel Falabella, responsável por outros sucessos do teatro nacional como A Partilha e Os Monólogos da Vagina, foi sucesso no Rio de Janeiro, onde passou os últimos seis meses em cartaz. Edson Celulari tem papel de destaque.

146_1813-dani1RNos Estados Unidos, a montagem de Hairspray já conquistou 8 Tony Awards (para o teatro, é um prêmio equivalente ao Oscar), um Grammy e foi considerado o melhor musical pelo New York Drama Critics Award.

Toda a história de Hairspray se passa em 1962, na cidade de Baltimore. Tracy Turnblad, amante da dança e do Corny Collins Show, um programa musical na televisão, decide ingressar no programa como dançarina, mesmo sendo gordinha demais para os padrões da vaga disponível. Graças a suas habilidades e seu enorme carisma, Tracy consegue o que queria e vira rapidamente uma celebridade, despertando inveja em Amber Von Tussle, estrela e filha da produtora do programa. O problema se intensifica quando Amber e Tracy começam a disputar o mesmo garoto.

O elenco da peça apresenta Daniele Winits, Arlete Salles, Jonatas Faro e apresenta Simone Gutierrez no papel de Tracy. O destaque vai para o Edson Celulari, ator que já participou de muitas novelas, como Explode Coração e Páginas da Vida. Em Hairspray e pela primeira vez, Edson interpretará uma mulher, Edna Turnblad, mãe da protagonista. Além de subir no salto, ele nunca tinha feito um papel em que precisasse cantar. Entretanto, ser a primeira vez não impediu Celulari de receber vários elogios dos críticos por sua atuação.

Os ingressos já estão à  venda no Departamento Cultural.

Assista entrevista de Edson Celulari sobre seu papel em Hairspray