Banda Stevens no Meus Prêmios Nick

O “Meus Prêmios Nick” é um evento anual, organizado e transmitido pela rede de TV por assinatura Nickelodeon. A festa tem como objetivo premiar os melhores do meio artístico, escolhidos através dos votos dos internautas, que este ano chegaram aos 20 milhões, em categorias como “Melhor Cantor” e “Melhor Banda”.

021910158-exh00

Na décima edição do evento, que teve uma parte realizada em São Paulo e outra no Rio de Janeiro, a banda da qual o aluno Lucas Adam é vocalista e guitarrista, Stevens, venceu a categoria “Artista Revelação”. Estavam concorrendo candidatos fortes, como as bandas Glória, Fake Number e as atrizes globais Isabelle Drummond e Mariana Rios. Continuar lendo

Cores e traços vivos

matisse2Em mais uma comemoração do Ano da França no Brasil, os alunos do Ensino Fundamental visitarão em outubro a exposição do artista francês Henri Matisse, hospedada na Pinacoteca do Estado de São Paulo.

Até o primeiro dia de novembro as 93 obras do artista, que compõe a exposição “Matisse Hoje”, estarão dividas em sete salas da Pinacoteca, que as agruparão segundo os temas “Paisagens iniciais”, “Naturezas mortas”, “Mulheres nos interiores, odaliscas”, “O gabinete de artes gráficas” e “Papéis recortados”. Continuar lendo

Pacto Secreto

poster-pacto-secreto-webCinco amigas, pertencentes a uma fraternidade, juram lealdade e amizade eterna. No entanto, quando numa festa o que era para ser brincadeira se transforma em morte, elas decidem esconder o corpo para não prejudicar o futuro.
A impunidade é interrompida, finalmente, um ano depois.
Na festa de formatura do grupo, elas recebem vídeos da noite em que o crime foi cometido, o qual o remetente anônimo diz que mandará para a polícia. O dilema entre a  ética e a auto-preservação surge então como um grande problema.

Trata-se da da refilmagem da obra “The House on Sorority Row”, lançada em 1983, e conta com a participação de Matt O’Leary, de Duro de Matar 4.0; Briana Evigan, de Ela Dança, Eu Danço2  e Rumer Willis, de Meu Vizinho Mafioso. Continuar lendo

Paulinho da Viola

A música de Paulinho da Viola representa um universo particular dentro da cultura brasileira. Experimentá-la é reconhecer que a identidade cultural brasileira não é única, há sempre algo mais.

10_mhg_viola01

O trabalho de Paulinho hoje é visto como um elo entre diversas tradições
populares como o samba, o carnaval e o choro, além de suas incursões em composições para violão e peças de vanguarda.

A apresentação ocorrerá no City Bank Hall, na sexta-feira do dia 16, às 21h30.

Ingressos à venda no Cultural.

Mestre do acordeão e Jazz Sinfônica

aNo dia 26, sábado, o convidado da Orquestra Jazz Sinfônica é o acordeonista francês criador do estilo New-Mussette, Richard Galliano. O espetáculo é parte da série Jazz + que homenageia este ano a França.

Reconhecido mestre mundial do acordeão, Galliano é o criador do estilo New-Mussete, que prometia acabar com o preconceito que o instrumento sofria na França, adotando o acordeão acústico, com mais harmônicos, a fim de produzir um som mais suave. Depois o som foi misturado a outros ritmos, como as valsas populares francesas, o tango, o baião e o bepop.

Além disso, Galiano ganhou diversos prêmios, como a competição internacional de acordeão “Wold Cup” por duas vezes, o Prix d’Excellence e o Grand Prix du Disque pelo álbum “Voce a Mano.

Ingressos para a apresentação a preços especiais estão disponíveis no Departamento Cultural

Fagundes volta depois de três anos

restos_antonioA comunidade do Band terá a chance de assistir ao retorno de Antônio Fagundes aos palcos depois de três anos no monólogo  “Restos”. Ingressos a preços promocionais para o dia  18 de setembro, às 21h, estão disponíveis no Departamento Cultural. O espetáculo está em cartaz no Teatro da Faap (Fundação Armando Álvares Penteado).

No monólogo, Fagundes interpreta um viúvo que, entre tragadas, faz revelações traçando os contornos de uma história de amor.

O texto escolhido pelo ator, que também trabalha como produtor da peça,  é do cineasta e escritor americano Neil LaBute, diretor de obras reconhecidas, como “Na Companhia dos Homens”, “Seus Amigos, Seus Vizinhos” e “Possessão”.